domingo, 27 de outubro de 2013

A dor da saudade é uma dor da alma!

Olá meus queridos!
Voltamos em mais um ciclo de lua minguante. E hoje meu coração está triste e destruído, pois minha gatinha faleceu nas mãos amorosas da minha mãe, no dia de ontem.
Ela simplesmente teve um infarto e morreu na hora. Ainda to chocada, triste e quase sem palavras.
A Safira era a minha companheira de todas as horas. Minha protetora felina e amiga. Onde eu ia pela casa lá estava a peluda de olhos cor de Safira.
Ela amava a todos da casa e odiava quem pudesse me ferir ou transmitia perigo.
Assumo que tudo dói com relação a ela, mas dói mais ainda saber que ela se foi para me poupar, me protegeu até o último momento.
Perdi duas raridades na minha vida: Beta e Safira. A humana leonina com alma de gato e a peluda de quatro patas e bigodes carinhosos.
Dói! Apenas dói!

:(
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

Mandala disse...

Perdi uma cachorrinha tem alguns meses, Deus sabe como sei o que vc está sentindo Mari. A minha era uma vira-latinha que me acompanhou desde meus oito anos e tinha o cheiro mais delicioso que eu já senti. Morreu com 16 anos devido à várias complicações pela idade. Morreu no veterinário, e embora eu saiba que foi na tentativa de salva-la, eu preferiria que ela tivesse estado seus últimos momentos comigo, segurando sua patinha, olhando nos olhinhos dela... Me emociono só de pensar. Pelo menos a enterramos no pé de uma árvore e de certa forma ela vai estar viva nas suas folhas. Ai que saudade... Realmente dói na alma.